17 de janeiro de 2011

GIRO


Depois de voltar da comunidade de Campina Grande, a trupe do Clube de Cinema organiza mais uma sessão em Macapá. O filme da vez é "Cinema , aspirinas e urubus", do diretor brasileiro Marcelo Gomes. A dinâmica de trabalho do Clube de Cinema estimula a formação de público para o audiovisual de maneira ampla e em especial para produção independente e nacional. Após a exibição, a curadoria do cineclube apresenta informações adicionais sobre o filme exibido no que diz respeito a aspectos técnicos, estéticos e históricos.

“O cineclube do MIS tem um papel importante na difusão de filmes que não chegam as salas de cinema do estado. Além de uma função de entretenimento, o Clube de Cinema está com foco, este ano, em aglutinar idéias e pessoas para iniciar um grande mutirão de realização de audiovisual entre os freqüentadores de nossas sessões. Percebemos, durante os debates que promovemos após as sessões, que existe um público considerável, com muitas idéias e com muita vontade de produzir, e não podemos desperdiçar essa energia”, explica Mary Paes uma das responsáveis pela sessão desse sábado.

Sinopse do filme:
A história se passa no sertão nordestino de 1942 e fala de um alemão, que para fugir da Segunda Guerra Mundial, vem trabalhar como vendedor de aspirinas para cidades no interior doNordeste. Ele conhece Ranulpho, um paraibano que quer ir para outra cidade tentar trabalho. Cinema, aspirinas e urubus é o relato de Ranulpho sobre essa sua viagem.

Serviço:
Clube de Cinema (Teatro das Bacabeiras)
Filme: Cinema, aspirinas e urubus
Data: 22.01
Hora: 18:30

Fonte: Blog dos MIS

Um comentário:

Little Joe disse...

Já assisti esse filme. Bem diferente. Gostaria de ver adicionais sobre o contexto histórico.