3 de maio de 2011

Mais olhares para estas artes!

Esta semana iniciou com novos ares. Ares artísticos ! Tudo por causa do inicio da Aldeia Sesc, um projeto cultural que movimenta a tímida mas expressiva cena de cultura amapaense. Particularmente gostaria de respirar esse "ar" durante o ano todo, mas por motivos que não vem ao caso, temos rajadas de ventos breves e longos. Chega de poetizar o texto. 

Ontem (2), aconteceu no Teatro das Bacabeiras, a solenidade de abertura do Aldeia Sesc - Povos da Floresta, para alegria de muitos (e da minha)! Logo no hall de entrada, tem uma exposição de pinturas. Aproveita! "As encalhadas" foi o espetáculo que fechou a noite, arrancando muitas risadas da galera que esteve por lá. 

Meu desejo era que o teatro estivesse lotado, tão cheio de gente que não sobrassem cadeiras, todos espalhados pelo chão, ansiosos por saber o que ia rolar e apreciar a programação. Não foi desse jeito. O público não foi ruim mas também não foi como merecia. O Sesc-AP é um dos poucos que realmente valoriza a cultura local e ouço muitas pessoas reclamando. Ué, porque estas mesmas pessoas não estavam lá? Chuva não foi. O horário foi o mais apropriado, então...(não estou questionando motivos pessoais, que fique claro).  Para inicio de qualquer conversar, criticar é o ponto mais fácil de se fazer. Contribuir é que tira da zona de conforto e sei, ninguém quer sair deste lugar "quentinho". Porém, prestigiar não custa nada!  
P.S: Bem lembrado pelo Joca (Cordel do Amor sem fim), as apresentações no teatro custam R$ 5,00. Tá bom demais! 

 Desabafos a parte, a programação está cheia de novidade:oficinas, palco giratório, música, etc. 

Vou matar minha fome e sede de cultura esta semana em grandes doses. Bora lá? (Daqui a pouco a gente posta toda a programação para ninguém perder nada)


Camila Karina

Um comentário:

Joca Boboca disse...

Falou tudo!
Só lembrando que no teatro a entrada é 5,00 para as apresentações.
queria ver esse teatro lotado também. dia 06 seria um sonho ver 700 pessoas curtindo teatro de qualidade, estudado, nada feito a coxas... Vai da tudo certo. beijo pra tu!